Dicas e Conselhos

Viaje com tranquilidade e aproveite da melhor maneira a sua viagem.  Deixamos-lhe algumas dicas  para o ajudar nas suas viagens nacionais e internacionais.

Os nossos funcionários irão ajudá-lo com dicas importantes - como obter vistos, se deve levar dinheiro ou Cartão de crédito, onde é melhor cambiar dinheiro e quais os costumes locais - alimentação, vestuário, religião, gorjetas e outros.

Pequenos detalhes fazem a diferença na hora de viajar.
          
PASSAPORTE
  • O passaporte é um documento internacional de identificação que contém os seus dados pessoais, os carimbos e os vistos com a autorização da sua entrada, trânsito ou permanência em outros países – se tal for necessário.
  • Se vai para o estrangeiro, trate do seu passaporte com antecedência e verifique  o prazo de validade. Alguns países exigem um prazo de validade de 6 meses a contar da data de viagem.
  • Todos os passageiros estrangeiros (a residir ou não em território nacional), deverão consultar a sua embaixada ou consulado a fim de saber se existem restrições.   

CRIANÇAS
  • Todas as crianças devem ser portadoras de Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão ou Passaporte.
  • Os menores não acompanhados devem possuir uma Declaração/Autorização devidamente assinada pelos pais e reconhecida pelo notário e uma fotocópia dos Bilhetes de Identidade/Cartões de Cidadão dos pais.

BAGAGEM
  • Identifique a bagagem – na parte interna e na externa – com nome, morada, contacto. Coloque também sinais externos como uma fita, um risco de tinta, para mais facilmente identificar a sua mala.
  • Verifique sempre a etiqueta ao retirar a bagagem do tapete, para evitar levar uma mala alheia. Ajuda a poupar muito tempo e dores de cabaça.
  • Recomendamos que chegue ao aeroporto no mínimo duas horas antes do embarque no caso de viagens internacionais. Quanto mais perto da hora de embarque maior é a fila. Muitas companhias já disponibilizam check in online, o que permite poupar tempo, mas só se não tiver que despachar a bagagem no porão.

 DOCUMENTOS
  • Ao receber os seus documentos de viagem, verifique todos os dados – nomes, datas, número dos vôos e horários. Verifique também qual o aeroporto/terminal de destino e partida. Algumas cidades europeias têm vários aeroportos/terminais - Madrid, Paris, Londres, etc.
  • Façam duas cópias de todos os documentos antes da partida. Leve uma consigo e deixe a outra com alguém de contacto no país de origem. Em caso de furto ou perda pode ajudar a agilizar processos.

ROUPA
  • Muitos lugares religiosos não permitem a entrada com o corpo a descoberto. O Uso de calções ou de roupa sem mangas pode-o impedir de visitar alguns locais.
  • Informe-se sobre o tempo no destino – temperaturas diurnas e nocturnas – e escolha roupa adequada.
  • Nunca deixe a mala para fazer nas últimas horas. O esquecimento de coisas essenciais pode levar a gastos extra no destino e nos locais turísticos tudo custa mais caro.

OUTROS
  • Verifique qual a voltagem elétrica no pais de destino. Nos aeroportos existem sempre adaptadores a outros tipos de tomadas e voltagens
  • Leve algum dinheiro trocado para as gorjetas. Informe-se á chegada sobre qual a prática comum no pais de destino.

OS 10 MANDAMENTOS DO VIAJANTE
  1. Não esperarás encontrar as coisas como se estivesses em casa, pois deixas a tua casa para encontrar coisas diferentes.
  2. Não te acharás superior aos nativos que encontras pois eles, podendo ser financeiramente mais pobres do que tu, têm muita riqueza para te transmitir. Aprende a reconhecê-la e regressarás mais rico
  3. Ousarás sempre experimentar o que não conheces pois as melhores memórias de viagem que trarás são as dessas empolgantes peripécias.
  4. Não esquecerás de levar metade das coisas que pensas necessitar e o dobro do dinheiro.
  5. Não esquecerás em qualquer momento onde está o teu passaporte por que um viajante sem passaporte é uma pessoa sem país.
  6. Não encararás com demasiada seriedade aquilo que te causa estranheza por que um espírito liberto e tolerante é o ponto de partida para umas boas férias.
  7. Não te deixarás enervar pelos outros viajantes por que o teu único propósito é o de pagares bom dinheiro para teres umas boas férias. Lembra-te sempre que poucas coisas são fatais.
  8. Não julgarás as pessoas dos outros países pela pessoa que uma vez te quis mal.
  9. Não te darás muito o aspecto de turista - quando em Roma procura parecer como os romanos e assim evitarás dissabores.
  10. Não esquecerás de te aplicar com arte durante a tua visita por que aquele que trata o seu anfitrião com respeito e cortesia será sempre recebido como um hóspede bem vindo.
Em cumprimento da lei nº 144/2015 informamos que para a resolução de conflitos de consumo deve ser contactada a comissão arbitral do Turismo de Portugal www.turismodeportugal.pt